domingo, 8 de julho de 2012

Análise - Super Mario World 2: Yoshi Island

Capa do jogo.

Lançado originalmente em 1995 para o Super Nintendo e Game Boy Advance, sucessor de Super Mario World, Super Mario World 2: Yoshi's Island talvez deva ser o melhor jogo de toda a franquia.

Tela do jogo.

Vamos a história do jogo:

O jogo começa com uma cegonha carregando dois bebês (Mario e Luigi) quando Kamek, um magikoopa, rapta um dos bebês (Luigi), pois sabia que eles causariam incômodo para seu mestre, Baby Bowser, no futuro. O outro cai no oceano. Kamek, furioso por ter perdido o outro bebê, manda seus servos, os Toadies, o procurarem.
O outro bebê, que havia aparentemente caído no oceano, caiu, na verdade, em uma ilha: a Yoshi's Island (Ilha do Yoshi). Ele caiu bem em cima de um Yoshi, que encontra um mapa junto com o bebê e decide ajudá-lo a achar seus pais. Kamek espalha várias criaturas pela ilha, que são os chefes do jogo. Agora, você joga como Yoshi e deve impedir que Baby Mario seja capturado pelos Toadies, passando por 6 mundos.

Yoshi Roxo e Baby Mario.

Diferente de seu antecessor, em Yoshi's Island o protagonista é o próprio Yoshi pela primeira vez ao vez do próprio Mario. A jogabilidade é diferente de Super Mario World. Durante todo o jogo os Yoshi's devem proteger Baby Mario a fim de leva-ló de volta a seus pais (que não diz quem são). Se o Yoshi levar dano Baby Mario irá começar flutuar em uma bolha chorando, uma contagem irá começar, você terá dez segundos (ou mais caso tenha pegado estrelas) para resgatar Baby Mario, caso não consiga os Toadies irão rapta-ló e você irá perder uma vida.

O primeiro mundo.

Ainda no jogo a um sistema de mapa, mostrando cada mundo com suas fases respectivamente. Em cada fase um Yoshi de cor diferente irá ter que proteger Baby Mario, mas isso não afeta nada nas habilidades de cada um. E também há níveis secretos que só serão desbloqueados se conseguir pontuações perfeitas em todos os níveis, ou seja, 100 pontos. No final de cada nível há um círculo de flores que é o final do estagio, assim aquele Yoshi que estava com Baby Mario passa para outro Yoshi. Porém se conseguir uma das flores  você irá para um Special Stage aleatório, podendo ser o jogo da memória ou o jogo da matemática. Os chefões estão mais elaborados, alguns precisam ser jogados fora da plataforma, pisoteado com o Butt Bash ou simplesmente jogando ovos. A cada mundo passado os níveis vão ficando mais difíceis de ser finalizados e portanto, mais difícil vai ser conseguir a pontuação perfeita.

Uma flor, coletando 5 ganha-se uma vida e 50 pontos.

Os Yoshis tem algumas habilidades e certos itens para serem, pois todas elas são essenciais para conseguir finalizar a fase. Eis as habilidades:


- Yoshi pode engolir um inimigo que seja comestível, joga-ló para forma da mesma forma ou transforma-ló em um ovo.


- Yoshi pode arremessar os ovos, dependendo do tipo de ovo a um efeito diferente.

Ovo verde: é um ovo normal.
Ovo amarelo: dá uma moeda se você acertá-lo em um inimigo.
Ovo vermelho: dá duas estrelas se acertá-lo em um inimigo.
Ovo brilhante: dá uma moeda vermelha se acertá-lo em um inimigo.
Ovos gigantes: transformam todos os inimigos da tela em estrelas.


- O Yoshi pode pular e se pressionado o botão de pulo duas vezes ele irá voar, isso pode ser feito quantas vezes necessárias.


- O Yoshi também pode usar o Butt Bash, é um ataque o qual o próprio Yoshi usa todo o peso de seu corpo para destruir caixas de madeira, estacas de madeira e destruir certos tipos de chão.

- E por último, esquiar. Essa habilidade não é muito usada pois só há uma fase onde ela é usada.


Agora os itens:

- Uma pequena nuvem com um ponto de interrogação, dentro dela podem ter estrelas, moedas, vidas, interruptores ou ativar escadas para acessar locais altos. Algumas dessas nuvens estão invisíveis em locais muito bem escondidos.

- As moedas amarelas (a primeira da esquerda) quando pega 100 ganha-se uma vida, as amarelas de cor mais forte (a do meio) quando pega vira uma moeda vermelha somando na pontuação. Há no total 20 moedas vermelhas escondidas em cada fase.

- As melancias servem como armas, quando engolida uma aperte o botão de ação que o Yoshi irá disparar as sementes. Existem ao todo no jogo 3 tipos de melancias diferentes. A normal que é a verde, a azul que é de gelo e a vermelha que é de fogo.

- As chaves servem para abrir portas que normalmente não são acessíveis sem elas, levando para o Bônus.

- 1UP dá uma vida ao jogador, você ganha uma vida pegando 100 moedas, achando em balões pequenos e grandes, pegando 5 flores ou achando nas pequenas nuvens.

- E finalmente as flores, como dito antes pegando todas as 5 ganha-se uma vida e 50 pontos na pontuação. Geralmente elas estão expostas ou escondidas nas pequenas nuvens em lugares de difícil  acesso que apenas se consegue pega-lá jogando um ovo.

Um dos vários níveis de castelos.

Os gráficos do jogo são muito bem feitos para um jogo de Super Nintendo naquela época. Os gráficos tem um estilo infantil desenhado a mão, isso porque o Shigeru Miyamoto, criador do jogo e de toda a franquia Mario (como outras franquias, The Legend Of Zelda e Donkey Kong), ordenou seus funcionários fizessem os gráficos dessa forma. Há também em certas partes do jogo gráficos 3D, isso graças ao chip Super FX, pois sem ele não haveria muitos efeitos como a roleta na imagem acima.


As músicas são muito bem feitas também, um trabalho muito bem feito de Kōji Kondō. Cada música combina com cada fase. Para mim é uma das melhores trilha sonora de toda a franquia Mario. Um exemplo disso é a música Athletic, que é uma música alegre e feliz, isso é bom pois você irá querer ouvi-lá de novo jogando sem problemas. O último chefão, talvez deva ser uma das batalhas mais emocionante de todos os tempos, não pelo fato da batalha em si, mas sim pela música que no começo é assutador mas depois muda de tom. Não vamos esquecer dos efeitos sonoros do jogo, que por acaso são muito bons, Um exemplo disso é o Baby Mario chorando quando ele fica flutuando na bolha.


Yoshi Vermelho depois de tomar muitas.

Concluindo, Super Mario World 2: Yoshi Island é um excelente jogo, é uma pérola do Super Nintendo e portanto, um dos melhores jogos da franquia Mario. Quem nunca jogou, eu remendo, você irá passar horas e horas se divertindo em passar todas as fases em busca de fazer a pontuação perfeita em todos os níveis.

Nota:

Jogabilidade: 100/100
Gráficos: 100/100
Sons: 100/100
Diversão: 100/100
Dificuldade: 100/100

Nota Final: 100/100

Não tem como esse jogo tirar uma nota abaixa de 100. Bom pessoal, esse foi o review de hoje.
Até o próximo post!

3 comentários:

Ótimo post, jogo lendário sem comentários!

vlw

Eu não quero parecer fofoqueiro, mas, o blog SNES 1990 copiou descaradamente a sua análise sobre esse jogo. http://snes1990.blogspot.com.br/2012/09/super-mario-world-2-yoshis-island-2.html

Obrigado por me avisar sobre o plágio.

Postar um comentário